Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

SÃO PAULO

Estrutura montada pela prefeitura desaba e fere cinco

Estrutura montada pela prefeitura desaba e fere cinco
01/03/2014 09:15 - FOLHAPRESS


Uma estrutura montada no interior do Campo de Marte para receber convidados da Prefeitura de São Paulo para o Carnaval desabou na madrugada de hoje e deixou pelo menos cinco feridos. O local foi isolado. Todos tiveram ferimentos leves.

A dona de casa Regiane Chagas, 45, aguardava para para pegar sua camiseta para acesso ao camarote da prefeitura quando uma parede desabou sobre ela e outras cerca de 150 pessoas.

"Choveu muito. Veio tudo abaixo.Várias pessoas ficaram debaixo dos escombros. Levei oito pontos", disse.

O local era um ponto de apoio aos convidados do camarote no Anhembi onde estavam prefeito Fernando Haddad (PT) e o governador Geraldo Alckmin (PSDB). Naquele ponto, as pessoas estacionavam seus carros e pegavam as camisas no galpão. Dali, partiam ao Anhembi em vans.

Regiane disse que o vento forte e a chuva, segundo ela, de granizo, derrubaram a estrutura de madeira e metal montada dentro de um hangar para ser o ponto de apoio aos convidados.

O acidente ocorreu por volta de 1h.

Segundo funcionários de uma empresa que montou as estruturas, o galpão da aeronáutica estava com um defeito no portão e, por isso, sua estrutura estava sendo sustentada por um guindaste.

Integrantes da Aeronáutica que estavam no local disseram que não poderiam fornecer informações.

Após ser socorrida no PS Santana, Regiane pegou a van e foi ao camarote junto com o marido, o mecânico Daniel Juvenal, 53.

"Não vou perder a festa", disse. 

Felpuda


Outrora afinadíssimo com o presidente Jair Bolsonaro, parlamentar sul-mato-grossense começou a ser escanteado em consequência de uma das crises políticas de grande repercussão. A figura entrou em campo e botou falação sobre o que estava ocorrendo, e isso soou que só como crítica pesada ao governo, que, como não poderia deixar de ser, não gostou nadica de nada. Há quem diga que o dito-cujo é muito levado “pelo sangue”. Então, tá!...