Quinta, 22 de Fevereiro de 2018

CINEMA

Estrela da Broadway Betty Garret morre aos 91 anos

14 FEV 2011Por ESTADÃO01h:16

Betty Garret, a estrela da Broadway que interpretou a namorada de Frank Sinatra em duas comédias musicais na década de 1940, morreu aos 91 anos em Los Angeles, neste sábado, 12. A atriz estava internada no Centro Médico Ronald Regan na Universidade da Califórnia em decorrência de problemas cardíacos. A informação foi divulgada neste domingo, 13, por seu filho Garrett Parks.
A atriz deu aulas normalmente no início da semana no Theater West, entidade sem fins lucrativos que ajudou a fundar, mas na sexta-feira foi internada com problemas cardíacos e morreu na manhã seguinte em decorrência de um aneurisma.

Garret ficou conhecida como a garota apaixonada do tímido Sinatra em A Bela Ditadora e Um dia em Nova York, ambas em 1940. Em 1954 autou com Jack Lemmon em Jejum de Amor. Muitos anos mais tarde atuou nas comédias All in the Family, que lhe rendeu um Globo de Ouro em 1975, e Laverne & Shirley na década de 1970.
Sua carreira cinematográfica foi breve, em grande medida devido ao movimento de "caça às bruxas" promovido por autoridades que obrigaram seu marido, o ator Larry Parks, a depor sobre sua antiga filiação ao Partido Comunista.

Parks havia alcançado a fama por sua vibrante interpretação de Al Jolson em The Jolson Story em 1946. Em 1951, foi convocado a prestar depoimento ao Comitê de Atividades Antiamericanas e admitiu que havia se filiado ao comunismo em 1941, mas que havia abandonado o partido em 1944. Parks se recusou a fornecer informações sobre antigos companheiros de partido. Depois disso, fez mais um filme, Love is Better Than Ever, com Elizabeth Taylor, mas não conseguiu retomar sua carreira.

"Era um período sombrio, insensato", disse Garrett em 1998. "Destruiu muitas vidas e arruinou a carreira de meu marido", completou.

Leia Também