terça, 17 de julho de 2018

FEMININO

Estafe de Marta compara a atleta a Neymar e Santos segue sem acordo financeiro

8 OUT 2010Por 08h:35

O Santos já descartou Marta para a Copa do Brasil e para a Copa Libertadores deste ano, mas ainda sonha com a atleta para 2011, mas esbarra no lado financeiro. O estafe da jogadora chegou a compará-la com Neymar, mas nem assim convenceu o clube da Vila Belmiro a desembolsar R$ 150 mil mensais para tê-la em sua equipe.

A negociação vem se arrastando há alguns meses. Marta não conseguiu se desvencilhar do Gold Pride, time que ela defende na liga americana, a tempo de ser inscrita na Copa do Brasil deste ano. Além disso, ela também perdeu o início da Copa Libertadores, o que inviabilizou sua chegada para 2010.

O Santos agora negocia para ter Marta em janeiro do ano que vem, quando será disputado o Mundialito. A competição tem menos de um mês de duração, o que significa que a jogadora provavelmente receberá um único salário em sua segunda passagem da Vila Belmiro.

O estafe de Marta chegou a pedir R$ 200 mil, mas reduziu a pedida para R$ 150 mil, mesmo valor que ele recebeu em 2009. O Santos oferece R$ 100 mil e argumenta que o valor antigo foi fechado pela gestão de Marcelo Teixeira e é incompatível com o mercado do futebol feminino. A réplica foi que o valor institucional da jogadora, por ser reconhecida mundialmente, é maior que o de Neymar.

“Eu não sei se é exagero [a comparação]. Se existe esse valor agregado nós demos uma opção. Falamos: “Fica com toda a negociação de patrocínios para você”. E ele não trouxe nenhum”, disse Murilo Barletta, diretor de futebol feminino do Santos.

O empresário de Marta é Fabiano Farah, o mesmo que cuida da carreira de Ronaldo. O modelo oferecido pelo Santos é parecido com o que o atacante tem atualmente com o Corinthians.

Além de R$ 550 mil na carteira de trabalho, o Fenômeno participa de parte dos lucros do clube com patrocinadores. Neste cenário, o Santos pagaria R$ 100 mil e o restante do valor chegaria a Marta pelos parceiros comerciais.

O impasse segue atrapalhando o retorno de Marta à Vila Belmiro. Os dois lados ainda confiam em um acerto, e até o marketing do Santos foi envolvido na negociação, que não tem previsão para acabar.

FONTE: UOL

Leia Também