Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, terça, 13 de novembro de 2018

'CEGONHA'

Estado terá R$ 41,1 milhões para investir em saúde da gestante

1 SET 2012Por MILENA CRESTANI00h:00

Recursos de R$ 41,1 milhões vão garantir a construção de seis casas de apoio à gestante, cinco centros de parto normal e instalação de novos leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) neonatal em Mato Grosso do Sul até 2014. As verbas são viabilizadas pelo Projeto Rede Cegonha, do Ministério da Saúde, e também visam assegurar melhor assistência às grávidas durante os exames de pré-natal.

A previsão é de que as casas de apoio às gestantes tenham 20 leitos cada e ajudem a facilitar a vida das mães que residem no interior do Estado, mas enfrentam gestações arriscadas e precisam buscar atendimento especializado em Campo Grande. Os espaços terão de ser construídos a menos de 500 metros dos hospitais credenciados para atender gestantes de alto risco. 

Leia mais no jornal Correio do Estado

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também