Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

'CEGONHA'

Estado terá R$ 41,1 milhões para investir em saúde da gestante

Estado terá R$ 41,1 milhões para investir em saúde da gestante
01/09/2012 00:00 - MILENA CRESTANI


Recursos de R$ 41,1 milhões vão garantir a construção de seis casas de apoio à gestante, cinco centros de parto normal e instalação de novos leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) neonatal em Mato Grosso do Sul até 2014. As verbas são viabilizadas pelo Projeto Rede Cegonha, do Ministério da Saúde, e também visam assegurar melhor assistência às grávidas durante os exames de pré-natal.

A previsão é de que as casas de apoio às gestantes tenham 20 leitos cada e ajudem a facilitar a vida das mães que residem no interior do Estado, mas enfrentam gestações arriscadas e precisam buscar atendimento especializado em Campo Grande. Os espaços terão de ser construídos a menos de 500 metros dos hospitais credenciados para atender gestantes de alto risco. 

Leia mais no jornal Correio do Estado

Felpuda


Alguns políticos estão se aproveitando deste momento preocupante de pandemia para sugerir projetos oportunistas que, em alguns casos, são de resultados extremamente duvidosos. O mais interessante – para não dizer outra coisa – é que se for analisado o desempenho normal dessas figuras, verifica-se que essa preocupação toda nunca esteve no topo das suas prioridades. Ano eleitoral é assim mesmo. Lamentável!