Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

QUEDA DE BRAÇO

Estado tem 8 dias para defender incentivo fiscal no Supremo

21 AGO 12 - 00h:02Clodoaldo Silva, de Brasília

O Governo do Estado de Mato Grosso do Sul tem até o dia 29 deste mês para explicar ao Supremo Tribunal Federal (STF) se concedeu ou não redução de ICMS a frigoríficos e indústrias de charque sem autorização do Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária).

Este é o prazo estipulado pelo ministro Joaquim Barbosa, relator da matéria, em despacho do dia 16 deste mês, para depois ouvir a Advogacia-Geral da União e o Procurador-Geral da República sobre a questão.

Esta manifestação é necessária porque na Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI 4836) protocolada no dia 13 de agosto, o Governo de São Paulo questiona a diminuição do ICMS para frigoríficos e indústrias de charque para operações interestaduais e internas com carne, charque e demais subprodutos comestíveis do abate de gado bovino e bufalino.
 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

VAZA-JATO

Procuradores trocaram mensagens sobre Flávio Bolsonaro, afirma site

BRASIL

Marinha proíbe uso de celular em suas instalações

Deputados propõem liberar venda de remédios sem aval da Anvisa
ECONOMIA

Deputados propõem liberar venda de remédios sem aval da Anvisa

Ministro diz a caminhoneiros que tabela do frete será suspensa nesta segunda
ECONOMIA

Ministro diz a caminhoneiros que tabela do frete será suspensa nesta segunda

Mais Lidas