Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, sábado, 17 de novembro de 2018

INDEXADOR

Estado pode ficar com R$ 300 milhões para infraestrutura

5 JUL 2012Por Clodoaldo Silva, de Brasília00h:00

Cerca de 70 deputados estaduais de Mato Grosso do Sul e de todo o País se reuniram ontem (04) com o presidente do Senado Federal, José Sarney, para solicitar a redução do percentual de comprometimento da receita do estado. Hoje é de até 15%, foi solicitado que seja no máximo 9%. Também houve o pedido para que seja alterada a taxa de juros paga pelas unidades da federação e o índice de correção destas dívidas. As mudanças pedidas poderiam trazer até R$ 300 milhões por ano aos cofres de MS, verba que seria investida na infraestrutura.

A medida, inclusive, seria um ponto favorável para a União aprovar as alterações nas dívidas.O presidente da União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (Unale), deputado Joares Ponticelli (PP-SC), defendeu, entre outras propostas, a substituição do IGP-DI pelo IPCA como índice de correção da dívida, retroativamente à data de assinatura dos contratos. Desta maneira, vai haver redução no valor devido hoje.

Os parlamentares estaduais, entre eles o deputado estadual sul-mato-grossense Antonio Carlos Arroyo, estiveram com Sarney, o presidente da Câmara dos Deputados Marco Maia. 

Leia mais no jornal Correio do Estado

 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também