Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Mato Grosso do Sul

Estado pede à União 'socorro' de
R$ 3 mi mensais para a Santa Casa

25 JUN 12 - 17h:10Vânya Santos e Gabriel Maymone

O governo do Estado aguarda a resposta do Ministério da Saúde para a liberação de recursos mensais no valor de R$ 3 milhões para a Santa Casa de Campo Grande. Segundo a secretária de estado e saúde, Beatriz Dobashi, atualmente, o déficit mensal do hospital está em média R$ 2,5 milhões. “Com o aumento do repasse da União, governo e município também aumentam os recursos em 10%”, explica.

A secretária argumenta que a maior dificuldade do hospital é a compra diária de equipamentos e suprimentos. “Dívidas anteriores estão sendo negociadas paulatinamente. Estamos pagando, além das contas normais, R$ 159 mil por mês para quitar débitos. Havia atraso nos encargos que foram colocados em dia. Para fechar as contas fazemos um verdadeiro malabarismo”, argumenta.

Ela lembra que houve avanço na disponibilidade de recursos do hospital. “Antes, o Governo Federal repassava R$ 600 mil, do estado e município eram R$ 200 mil. Depois o ministro veio ao Estado e aumento o repasse para R$ 2 milhões”, completa Dobashi.

Gerenciamento

Com o término da intervenção judicial na Santa Casa para março de 2013, o Estado analisa a criação de uma fundação, com administração compartilhada entre sociedade civil e pública, para angariar recursos com a participação da sociedade. “Estamos analisando a melhor forma, juridicamente e operacionalmente, para a situação”, finaliza a secretária.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

VOTAÇÃO

Senado deve concluir reforma da Previdência em 45 dias, prevê líder

Homem é assassinado com três tiros na cabeça em Campo Grande
MARQUÊS DE LAVRADIO

Homem é assassinado com três tiros na cabeça na Capital

Biro Biro sofre parada cardíaca em treino do Botafogo, é reanimado e passa bem
RECÉM CONTRATADO

Biro Biro sofre parada cardíaca em treino do Botafogo

PREVIDÊNCIA

Maia pede à oposição que aprove estados e municípios na reforma

Mais Lidas