sexta, 20 de julho de 2018

H1N1

Estado não enfrenta epidemia de gripe A, afirma secretaria de Saúde

25 JUN 2012Por VÂNYA SANTOS11h:45

Inverno é o responsável por aumento de casos de gripe A (H1N1), no entanto, a maior incidência para esta época do ano é comum. De acordo com a secretária de Saúde de Mato Grosso do Sul, Beatriz Dobashi, por enquanto não é possível dizer que o Estado enfrenta uma epidemia da doença.

“Alguns casos foram confirmados, outros não, mas até agora as medidas de higiene é que são eficazes. Lavar as mãos com frequência, lavar o rosto, as crianças gripadas não irem para a escola, pessoa gripada não ir trabalhar, principalmente porque no inverno a sala de aula fica fechada e as pessoas no trabalho também fecham portas e janelas. Então não é recomendado alguém gripado ir para este meio”, orientou a secretária na manhã de hoje, durante V Encontro de Conselheiros de Saúde do Município de Campo Grande, que aconteceu na Escola de Saúde Pública.

Beatriz Dobashi ressaltou ainda que a Secretaria de Estado de Saúde está preocupada com os casos provocados pela doença, tem acompanhado gráfico de controle da gripe, capacitado equipes de vacinação e emitido notas técnicas para escolas estaduais e municipais.

Leia Também