Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

sábado, 16 de fevereiro de 2019 - 15h32min

Estado deve ampliar em 7,9% o valor da produção

13 FEV 10 - 07h:47
O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), incentivado pelas boas projeções da safra 2009/10, divulgou estimativa de R$ 4,2 bilhões para o Valor Bruto da Produção (VBP) de Mato Grosso do Sul. O valor, 7,9% superior ao obtido em 2009, é resultado da soma da expectativa de produção para as lavouras de soja, milho, algodão, tomate e café. O VBP da soja deve ter expansão de 12,8% no Estado, passando de R$ 3 bilhões para R$ 3,4 bilhões. O milho, segunda aposta dos agricultores, deve acumular R$ 684 milhões em produção, resultado 16% superior a 2009. Já para as lavouras de algodão, a expectativa do ministério é redução de R$ 162 milhões para R$ 137 milhões, queda de 15,7%. A produção de trigo (grão) também deve encolher de R$ 33 milhões para R$ 24 milhões. O Mapa projeta crescimento na produção de 3,4% nas 20 principais lavouras do Brasil em 2010. A expectativa é de que o VBP nacional chegue a R$ 159,49 bilhões. De acordo com levantamento divulgado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) no início desta semana, a produção de grãos doméstica deve ser de 143 milhões de toneladas – a segunda maior da história –, com destaque para a colheita de 66,7 milhões de toneladas de soja. Recuperação O coordenador de Planejamento Estratégico do Ministério, José Garcia Gasques, salientou que o valor projetado em fevereiro está próximo ao visto em 2008, quando atingiu a maior cifra (R$ 161,87 bilhões) desde o início da série (1997). Além da safra farta, o coordenador explicou que também colabora para o aumento do VBP a recuperação de plantio em algumas regiões brasileiras que foram prejudicadas por fenômenos climáticos no ano passado. A região centro-sul de Mato Grosso do Sul, por exemplo, passou por uma das principais secas da década. O Paraná deve sustentar a maior recuperação, já que Santa Catarina e Rio Grande do Sul amargam prejuízos em função da intensidade das chuvas nesses estados no início do ano. A precipitação vem causando perdas principalmente às culturas de trigo e arroz. O ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes, calculou em torno de R$ 1,5 bilhão o prejuízo para o agricultor com esses dois produtos. Das 20 lavouras usadas como referência no levantamento do Ministério, o destaque de alta é o café em grãos, cujo VBP estava em R$ 10,741 bilhões no ano passado e deve atingir R$ 13,129 bilhões em 2010, um incremento de 22,23%.
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Familiares de mulher que teve o corpo furtado realizam terceiro sepultamento com medidas de seguranç
FIM DA ANGÚSTIA

Familiares de mulher que teve o corpo furtado realizam terceiro sepultamento

MEIO AMBIENTE

Ministro contraria Ibama e diz que plantação em área indígena não é ilegal

Ambulância é arrombada e furtada  em pátio da Central de Regulação
CAMPO GRANDE

Ambulância é furtada em pátio da Central de Regulação

Goleiro Jefferson afirma não ter sido chamado para seleção por racismo
FUTEBOL

Goleiro Jefferson afirma não ter sido chamado para seleção por racismo

Mais Lidas