Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

sábado, 16 de fevereiro de 2019 - 15h36min

Estado define hoje ajuda a Campo Grande

3 MAR 10 - 05h:35
Plano de recuperação de Campo Grande, atingida por tromba d’água no último sábado, que causou destruição nas regiões central e norte da cidade, discutido hoje pelo prefeito Nelsinho Trad e pelo governador A ndré Puccinelli. A estimativa dos prejuízos é superior a R$ 11 milhões. Obras para contenção da cratera da Rua Ceará e construção dos acessos na Avenida Ricardo Brandão foram alguns dos serviços seriamente danificados. “Vamos apresentar ao governador informações detalhadas dos estragos e as ações que estaremos implementando para recuperar a cidade”, afirmou o prefeito, que decretou situação de emergência. O horário do encontro será definido somente hoje quando André retorna de Brasília. Na segunda-feira, em Dourados, o governador anunciou que equipes da Secretaria de Obras Públicas estariam à disposição da prefeitura de Campo Grande. Ricardo Brandão Os trabalhos emergenciais na Avenida Ricardo Brandão não foram concluídos até a noite de ontem, conforme previu o secretário de Infraestrutura, Transporte e Habitação, João Antônio De Marco. Somente as ações de desobstrução do córrego Prosa foram finalizadas. Por volta das 19 horas de ontem, operários corriam contra o tempo para reparar a pista. Porém, montes de terra e máquinas ainda estavam sobre a via, o que impedia a liberação para o trânsito. No mesmo horário, fiscais da Agência Municipal de Trânsito (Agetran) sinalizaram e reorganizaram o tráfego na esquina da Avenida Ricardo Brandão com a Rua Nova Era, onde houve congestionamento por conta da chegada dos alunos da Universidade Uniderp/Anhanguera. A partir da sinalização, o fluxo de veículos ficou mais rápido, porém, continuou tumultuado. Ministérios O prefeito Nelsinho Trad viaja amanhã a Brasília onde terá audiência em dois ministérios para reivindicar verba a ser utilizada na recuperação de Campo Grande que foi atingida por tromba d’água no sábado. A primeira reunião vai ser às 10h, horário de Brasília, com o ministro de Relações Institucionais – o terceiro na hierarquia do Palácio do Planalto –, Alexandre Padilha. O ministro é responsável pela liberação de recursos pelo Governo federal. Uma hora depois, às 11h, a reunião será com o min istro da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima, responsável pelas questões técnicas para viabilizar os recursos. A bancada federal sul-mato-grossense vai acompanhar o prefeito nas duas reuniões.
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Familiares de mulher que teve o corpo furtado realizam terceiro sepultamento com medidas de seguranç
FIM DA ANGÚSTIA

Familiares de mulher que teve o corpo furtado realizam terceiro sepultamento

MEIO AMBIENTE

Ministro contraria Ibama e diz que plantação em área indígena não é ilegal

Ambulância é arrombada e furtada  em pátio da Central de Regulação
CAMPO GRANDE

Ambulância é furtada em pátio da Central de Regulação

Goleiro Jefferson afirma não ter sido chamado para seleção por racismo
FUTEBOL

Goleiro Jefferson afirma não ter sido chamado para seleção por racismo

Mais Lidas