Sábado, 24 de Fevereiro de 2018

Estado de saúde de Alencar é estável, diz hospital

27 DEZ 2010Por ESTADÃO14h:51

O estado de saúde do vice-presidente José Alencar segue estável, sem alteração no quadro clínico. Boletim médico divulgado hoje à tarde pelo Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, aponta que Alencar continua a ser submetido a sessões de hemodiálise e internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Cardiológica. Segundo a assessoria do vice-presidente, ele dormiu bem durante a madrugada e se alimenta normalmente.

A equipe de médicos que trata Alencar observa que, embora estável, o quadro de saúde dele é delicado, mas não considera nula a possibilidade de que ele desça a rampa do Palácio do Planalto no dia 1.º de janeiro ao lado do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, quando Dilma Rousseff tomará posse. Mais cedo, o cardiologista clínico Roberto Kalil Filho disse que não recomenda que o vice-presidente participe da cerimônia diante do quadro de saúde atual.

Desde a eleição de Dilma, o vice-presidente tem manifestado reiteradamente o desejo de participar da festa de posse e disse ter feito um acordo com a petista, segundo o qual dançará um xaxado com a presidente eleita em homenagem a Lula.

O vice-presidente está internado desde quarta-feira, quando passou por uma cirurgia de emergência por causa de hemorragia digestiva grave. O procedimento cirúrgico, o 17.º ao qual Alencar foi submetido na luta que trava há mais de 13 anos contra um câncer na região do abdome, não conseguiu estancar a hemorragia, controlada por meio de remédios.

Na sexta-feira, o vice-presidente apresentou um novo sangramento, tratado pela equipe médica. Desde então, não há diagnóstico de nova hemorragia. Alencar recebeu hoje a visita da mulher, Mariza Gomes da Silva, e do deputado federal José Genoino (PT-SP).

Leia Também