Segunda, 19 de Fevereiro de 2018

Segurança

Esquema de segurança da posse de Dilma terá 4 mil policiais e militares das Forças Armadas

30 DEZ 2010Por Agência Brasil03h:15

Cerca de 4 mil policiais e militares estarão envolvidos na segurança da cerimônia de posse da presidenta eleita Dilma Rousseff, no próximo sábado (1º), na Esplanada dos Ministérios. Durante o evento, o espaço aéreo de Brasília estará fechado.

A segurança de Dilma será feita por agentes da Polícia Federal (PF) até o momento em que ela deixar o Congresso Nacional. A partir daí, já empossada, a responsabilidade de garantir a segurança da presidenta passará a ser do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República.

O policiamento tomará conta não apenas da Esplanada dos Ministérios, onde se concentra a festa. O trajeto entre o Aeroporto Internacional de Brasília Juscelino Kubitschek e o Plano Piloto também receberá segurança devido a chegada de convidados e chefes de Estado. Entre 130 e 140 batedores farão a escolta dos chefes de Estado e de delegações estrangeiras. Dilma também terá a escolta de policiais batedoras da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

O esquema de segurança para a posse de Dilma Rousseff não foge à regra do que foi feito em posses anteriores, de acordo com o chefe da Comunicação Social do Comando Militar do Planalto, coronel Carlos Penteado.

Leia Também