Sexta, 23 de Fevereiro de 2018

CULTURA

Espetáculo de dança prega a moralidade

12 DEZ 2010Por SCHEILA CANTO00h:10

 Hoje o Ballet Nova Geração marca o encerramento das atividades do ano com o espetáculo "Atlântida – o reino dos tesouros perdidos", no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo, às 19h30min, dirigido pela professora e coreógrafa Gláucia da Silva.

A lenda é conhecida tanto dos historiadores e arqueólogos como dos leitores curiosos. O filósofo grego Platão conta que a Atlântida era uma ilha localizada "além dos Pilares de Hércules" cujos habitantes eram sábios e portadores de grandes riquezas. No entanto, esse mundo perfeito sofreu um revés. Zeus, um dos principais deuses gregos da antiguidade, ficou enfurecido ao constatar que os habitantes da ilha se tornaram perversos e gananciosos, e fez com que ela desaparecesse em meio a terremotos e tempestades.

Essa é uma história que nunca mais deixou a imaginação das pessoas, diz a professora Gláucia. Segundo ela, o objetivo do espetáculo é passar a mensagem aos alunos, pais e convidados de que a moral é que nos mantém em pé e que precisamos usar a inteligência para o bem. "Assim como reza a lenda de Atlântida, aquele povo era evoluído mas se autodestruiu em razão da ganância e da imoralidade", enfatiza a professora, acrescentando que sendo esta história uma ficção ou não, tem muitos conceitos a passar para sociedade nos dias de hoje.

Segundo a professora, além do espetáculo principal, serão apresentadas diversas coreografias especiais, sendo elas: balé clássico, dança contemporânea, jazz, dança do ventre e apresentação de dança folclórica árabe do Grupo Litani. "Também teremos a apresentação especial com solista Ronaldo Martins, do Teatro Municipal do Rio de Janeiro em parceria com as bailarinas Janina Acosta Matos Rios e Larissa Ayumi. "Esta será a apresentação de despedida de Janina, que no próximo ano estará no Balé Bolshoi, em Joinville, Santa Catarina", orgulha-se a professora.

O Ballet Nova Geração é composto por 150 bailarinas com idades entre 3 e 25 anos. Em 2011 o grupo representará o Brasil na 15ª Gymnaestrada Mundial na Suíça. "O evento reúnirá 68 países, com apresentações de ginástica e dança", finaliza Gláucia.

Leia Também