ANIVERSÁRIO

Espaço no Parque Linear é aberto à comunidade

Espaço no Parque Linear é aberto à comunidade
04/08/2012 12:40 - DA REDAÇÃO


"Essa é uma importante parceria público-privada que vai possibilitar que este local repleto de beleza natural possa ser cuidado e mantido para que a população utilize nos mais diversos fins. Esse é mais um presente para os moradores de Campo Grande” . Com essas palavras, o prefeito Nelsinho Trad entregou oficialmente, na manhã deste sábado (04) mais um espaço público localizado no Parque Linear Juscelino Kubitschek, na região do córrego Cabaças, para uso da comunidade e que passa a ser cuidado e mantido pela Associação Ornitológica Campo-grandense (AOC).

O evento faz parte da comemoração dos 113 anos de Campo Grande e contou com a presença do secretário municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano, Marcos Cristaldo, do superintendente da Caixa, Paulo Antunes de Siqueira, do presidente da Associação Ornitológica Campo-grandense, Júlio César Infante e associados, além da comunidade da região.

Revitalização

O equipamento público entregue possui galpões abertos e fechados para pequenas exposições e um almoxarifado e um amplo espaço aberto para lazer, descanso, além da trilha para caminhada. Feliz com o local, a presidente do Clube de Mães da Vila Carlota, Neiry Gusmão já pensa na utilização do novo espaço. “Queremos usar para eventos e ações com a comunidade”, anuncia. Para utilizar o local, os interessados devem realizar um cadastro junto à Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano).

Para cuidar do espaço, a prefeitura assinou convênio com a Associação Ornitológica Campo-grandense (AOC). 

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".