SAÍDA DE BOATE

Escrivão da PF atropela soldados da PM na Afonso Pena

Escrivão da PF atropela soldados da PM na Afonso Pena
15/02/2014 08:44 - Gabriel Maymone e Daniel Campos


O escrivão da Polícia Federal, Nelson Kurek, 40 anos, foi detido depois de atropelar dois soldados da Polícia Militar e tentar fugir. O caso aconteceu por volta das 4h, na Avenida Afonso Pena, depois de Nelson saiu da boate Woods.

Segundo a polícia, o escrivão conduzia um Renault Logan e, na tentativa de fazer uma ultrapassagem, acabou atingindo os dois soldados, que faziam patrulhamento em motos.

Após o acidente, Nelson fugiu do local, mas foi perseguido e detido algumas quadras a frente do Shopping Campo Grande. Ele se recusou a fazer o teste do bafômetro e foi encaminhado para a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) centro.

O soldado da PM, Thieles, teve uma fratura no pé, já seu colega, Ramom, nada sofreu. Dentro do veículo do escrivão, a polícia encontrou uma arma da PF e latinhas de cerveja. O carro foi encaminhado para o pátio do Detran.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".