Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

SEM BAGUNÇA

Escolas de samba de SP mantém apuração longe do público

3 MAR 14 - 18h:45AGÊNCIA BRASIL

A Liga Independente das Escolas de Samba manteve, neste ano, a apuração das notas do desfile do carnaval paulistano longe do público. A medida, adotada pela primeira vez em 2013, foi tomada para evitar tumultos, como o ocorrido, em 2012, no final da apuração, na leitura das últimas notas dos jurados.

A apuração da campeã do carnaval paulistano será realizada amanhã (4), às 16 horas. O acesso ao evento, no entanto, será liberado somente para a imprensa, para os presidentes das agremiações e mais nove convidados indicados pelos presidentes.

Os simpatizantes das agremiações terão de acompanhar a apuração das notas nas quadras das escolas. Segundo o regulamento da Liga, todas as agremiações são obrigadas a abrir suas quadras no momento da leitura das notas.

Na noite de sexta-feira e madrugada de sábado desfilaram as escolas Leandro de Itaquera, Rosas de Ouro, X-9 Paulistana, Dragões da Real, Acadêmicos do Tucuruvi, Vai-Vai e Tom Maior. Na noite do sábado e madrugada de domingo foi a vez da Pérola Negra, Gaviões da Fiel, Mocidade Alegre, Nenê de Vila Matilde, Águia de Ouro, Império de Casa Verde e Acadêmicos do Tatuapé.

Em 2012, um integrante de uma das agremiações pulou o alambrado e rasgou os papéis que definiriam a escola campeã. Uma confusão generalizada instalou-se no Sambodrómo e outros integrantes de escolas de samba também começaram a invadir o local onde os votos estavam sendo lidos, jogando os papéis com os votos dos jurados para o alto. A polícia tentou conter o tumulto, afastando as pessoas da área reservada.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRASIL

Fortaleza: Bombeiros buscam sobreviventes em prédio que ruiu; uma pessoa morreu

ECONOMIA

Pan, BMG e Bradesco lideram ranking de reclamações contra bancos do BC

ECONOMIA

Superintendência do Cade decide arquivar inquérito contra bandeiras de cartões

BRASIL

Quadrilha desviava cartões de crédito remetidos pelos Correios

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião