PARTICULARES

Escolas darão reajuste salarial de até 7,5%

Escolas darão reajuste salarial de até 7,5%
18/04/2011 15:19 - DA REDAÇÃO


Após a negociação salarial feita nesta segunda-feira (18), professores e funcionários de escolas particulares terão reajuste de 7,3% aos salários de todos os trabalhadores, inclusive aos pisos. A Educação Infantil, Ensino Fundamental (1º ao 5ºano) e dos Auxiliares terão reajuste maior com índice de 7,5% .

 O presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino de Mato Grosso do Sul (Sintrae), Ricardo Martinez Froes destaca que a negociação ocorreu hoje com os donos de escolas através do Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino de Mato Grosso do Sul (Sinepe/MS).

Durante a negociação foi aprovada a inclusão de cláusula de bolsa a serem concedidas pelas escolas aos trabalhadores. “Não foi o que esperávamos nesta negociação, porém não está longe do que seria conseguido nas áreas dos tribunais; vez que temos leis que vedam a indexação salarial e com isso, os juízes ficam com as mãos amarrada e não podem conceder reajustes acima da inflação”, explicou Ricardo.

Os reajustes serão aplicados a partir de primeiro de março, sendo 6,36% no mês de março e mais 0,94% em abril, totalizando os 7,3%. Já o piso da Educação Infantil, Fundamental 1 e Administrativos e auxiliares terão 7,5%.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".