Segunda, 18 de Dezembro de 2017

parque sóter

Erosão, mato e vandalismo em área de lazer

8 JAN 2014Por BEATRIZ LONGHINI00h:00

Mato alto, erosão, bancos quebrados e insegurança. Características comuns ao Parque do Sóter, desde que a atual administração tomou posse, fazem com que os campo-grandenses procurem se exercitar e viver momentos de lazer em outros locais. Assim como publicado na edição de ontem do Correio do Estado, a situação de diversas áreas destinadas à prática de esporte e entretenimento, como o Parque Ayrton Senna, no Aero Rancho, tem feito o papel contrário: levado a população a se afastar e reclamar do descaso.

Os frequentadores procuraram a reportagem para reclamar do abandono, questionando o trabalho da prefeitura. “Vocês precisam denunciar isso para ver se chega à mesa do prefeito”, disse um morador.

Do outro lado da cidade, no Jacques da Luz, Bairro Moreninha II, a situação é um pouco melhor, pelo menos na fachada. “Para inglês ver”, como diz o ditado, porque a grama, bem cortada na entrada principal, começa a tomar a pista de caminhada no lado do parque onde há menos movimento. Durante a visita da reportagem, crianças brincavam na quadra poliesportiva, coberta e limpa, porém, com gols e tabela de basquete depredados. A reportagem, na edição de hoje (08) do jornal Correio do Estado, é de Beatriz Longhini.

Leia Também