segunda, 16 de julho de 2018

SAÚDE

Equipe médica veta presença de Alencar na posse de Dilma

29 DEZ 2010Por FOLHA ONLINE12h:17

A equipe médica que cuida do vice-presidente da República, José Alencar, decidiu vetar a presença do político na posse da presidente eleita, Dilma Rousseff, neste sábado (1º), em Brasília. A informação é de um dos médicos que integram o comando da equipe no hospital Sírio-Libanês, em São Paulo.

"Ele continua muito animado para ir a Brasília. Mas eu decidi barrar. Ele só vai a Brasília se me amarrarem e tirarem ele daqui", disse ontem à Folha um dos médicos que cuidam de Alencar.

Embora tenha passado ontem por um procedimento cirúrgico que conseguiu localizar e fechar a microartéria que causava a hemorragia intermitente, Alencar ainda inspira cuidados.

Os médicos aguardarão as 72 horas seguintes ao procedimento para avaliar se a interrupção do sangramento foi bem sucedida e se não houve nenhuma complicação decorrente desse processo.

O vice-presidente deve ser comunicado hoje pela equipe médica que não poderá participar da posse de Dilma.

HISTÓRICO

Alencar está internado desde quarta-feira (22) no hospital, quando deu entrada no local com quadro grave de hemorragia digestiva.

No dia 27 de novembro, o vice foi operado para desobstruir o intestino. Após cinco horas de cirurgia, os médicos extraíram dois nódulos e 20 centímetros de seu intestino delgado.

Desde então, em idas e vindas no Sírio-Libanês, não chegou a passar mais de seis dias fora do hospital.

Sua 17ª cirurgia, no dia 22, durou três horas e não atingiu o objetivo: uma aderência na região do abdome impediu que os médicos alcançassem o tumor.

Alencar combate um câncer na região do abdome há mais de 15 anos, e já passou por 17 cirurgias.

Leia Também