Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, domingo, 16 de dezembro de 2018

Crime ambiental

Envolvidos em rinha são multados
em R$ 27 mil por maus-tratos

16 JUL 2012Por VÂNYA SANTOS10h:00

Das 30 pessoas flagradas ontem (15) à tarde na rinha de galo, que funcionava numa Chácara na Rua Corinto, Parque dos Poderes, em Campo Grande, 18 foram multadas em R$ 1,5 mil, cada.

Dentre os envolvidos na prática estavam seis pedreiros, quatro ajudantes de pedreiro, dois pintores, um lavrador, um técnico em enfermagem, um supervisor, um gesseiro, uma diarista e até mesmo um funcionário público. A rinha foi descoberta por policiais da Vila Margarida, que contaram com apoio de militares da Força Tática do 9º Batalhão da PM.

No local foram apreendidos 30 galos, sendo que um já estava morto em função da briga. Eles estavam com esporas e muito machucados. Outros encontravam-se amarrados aguardando para serem colocados na arena. Todos os animais foram encaminhados para o Centro de Zoonoses (CCZ).

Na chácara foram apreendidos ainda 27 sacos de lixo, sendo que em cada um deles havia cerca de 50 pacotes de cigarro contrabandeado. Os infratores responderão por crime ambiental e, se condenados por maus-tratos podem pegar pena que varia de seis meses a um ano e meio de detenção. 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também