Segunda, 19 de Fevereiro de 2018

Entre as universidades com mau desempenho em levantamento do MEC, 93% são privadas

13 JAN 2011Por Agência Brasil15h:53

Entre as 699 instituições de ensino superior (IES) que obtiveram resultado insatisfatório no Índice Geral de Cursos (IGC) de 2009, 93% são privadas. Os dados foram divulgados hoje (13) pelo Ministério da Educação (MEC). O indicador mede a qualidade de uma faculdade, centro universitário ou universidade a partir da qualidade de seus cursos de graduação e pós-graduação, em uma escala de 1 a 5. Os resultados 1 e 2 são considerados insatisfatórios, 3 razoável, e 4 e 5 bons.

Entre as 12 instituições com IGC 1 – que serão visitadas por comissões de avaliadores do MEC assim que começar o semestre letivo – duas são públicas: a Escola de Música e Belas Artes do Paraná e a Faculdade de Formação de Professores de Serra Talhada. No grupo das instituições de ensino superior com IGC 2, 644 são particulares e 43 públicas – sendo uma delas federal (Instituto Federal de Ciência e Tecnologia do Pará- IFPA).

Mais de 2 mil instituições de ensino superior foram avaliadas em 2009 pelo MEC. A maior parte (52,7%) das instituições obteve conceito 3, considerado razoável. Apenas 25 universidades podem ser consideradas de excelência, com IGC 5 – 1,39% do total. As instituições de ensino superior com IGC 4, também considerado satisfatório, representam apenas 6,92%. As 12 faculdades com nota 1 representam 0,67% do total avaliado e as com nota 2 38,32%.


 

Leia Também