Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

Enquanto a política estiver nesta fase, digamos assim, “carnavalesca”, ainda é possível apostar em.

Enquanto a política estiver nesta fase, digamos assim, “carnavalesca”, ainda é possível apostar em.
07/03/2014 00:00 - Ester Figueiredo


Enquanto a política estiver nesta fase, digamos assim, “carnavalesca”, ainda
é possível apostar em reviravoltas históricas pelas bandas de cá. E certas figurinhas, que têm acordos obscuros como “favas contadas”, devem ficar bem, mas bem espertas, mesmo. Afinal, como dizem por aí, “política e políticos são tais como as nuvens: mudam constantemente”. Resta esperar para ver no que é que vai dar.

Felpuda


A continuar disparando tantas críticas ácidas contradizendo o seu partido, que em nível nacional ganhou até um ministério, político cá dessas bandas poderá ser colocado de escanteio e, se continuar nessa cruzada nada palatável para as lideranças, ser convidado gentilmente a “procurar o caminhão do qual caiu”, como se diz no popular. Os comentários são de que o dito-cujo age assim mais para ganhar holofotes. Esqueceu-se, pelo que se vê, que poderá ocorrer curto-circuito. Ui!