Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

2014

Engenhão será usado para testes visando Mundial

Engenhão será usado para testes visando Mundial
02/04/2011 03:04 - TERRA


O Comitê Organizador da Copa do Mundo de 2014 e o Botafogo de Futebol e Regatas assinaram um acordo para operação do Estádio Olímpico João Havelange nesta sexta-feira. O objetivo é fazer do Engenhão um local de testes para o torneio e experimentar algumas ações que serão implementadas nas arenas durante a competição de seleções.

"Escolhemos o Engenhão por ser, entre os estádios de grande porte que não estão relacionados como sedes de jogos da Copa do Mundo, o mais próximo em termos de instalações, já que foi construído recentemente", disse o diretor executivo de operações do Comitê Organizador, Ricardo Trade.

A execução das melhorias será feita pelo clube, baseado em sugestões e requerimentos do Comitê Organizador após um estudo no local. A entidade e o Botafogo trabalharão em conjunto para melhorar as ações de orientação de público, transporte, controle de tráfego, estacionamentos, segurança, treinamento, capacitação de pessoal e infraestrutura.

Entre as ações mais importantes estão a criação do conceito de orientadores de público, o treinamento de pessoal para credenciamento, a criação de facilidades para chegada de público, a operação especial para chegada de público credenciado e frequentadores de áreas VIPs, além de mudar o conceito de segurança (segurança preventiva).

A organização também pretende implementar os chamados stewards, profissionais que trabalham na segurança interna dos estádios nos grandes eventos internacionais, e treinar o controle de operações. O Engenhão ainda será utilizado como centro de mídia, limpeza e alimentação, entre outras funções.

Na visão de Ricardo Trade, o acordo também serve para dar uma amostra aos torcedores. "O torcedor que frequenta os grandes clássicos no Rio de Janeiro já poderá ter uma ideia da exigência e do nível de serviços que serão oferecidos na competição", explicou o diretor executivo de operações do Comitê.

Felpuda


Dois pedidos de desculpas, de autorias diferentes, foram assuntos muito comentados nas redes sociais com críticas ácidas às suas declarações, até porque os envolvidos não só os usaram despropositadamente, como tiveram de voltar a eles para se redimirem. Um deles, inclusive, quase criou uma crise política da-que-las, o que obrigou seu pai, figurinha carimbada, a pular miúdo para colocar panos quentes sobre a questão. Essa gente!...