Sábado, 24 de Fevereiro de 2018

EÓLICA

Energia do vento vai evitar emissão de 1,5 bi de CO2

18 OUT 2010Por DIÁRIO NET11h:00

Estudo divulgado pelo Conselho Mundial de Energia Eólica estima que a energia gerada a partir dos ventos atenderá 12% da demanda elétrica mundial em 2020 e até 22% em 2030. O trabalho, em conjunto com o Greenpeace International, prevê que o mundo terá 1.000 GW em operação daqui a dez anos, evitando a emissão de 1,5 billhão de toneladas anuais de dióxido de carbono (CO2), o principal gás de efeito estufa.

Além dos benefícios para o meio ambiente, a energia eólica já oferece 600 mil empregos diretos e indiretos. Até 2030, a projeção é de que supere 3 milhões de vagas em todo o mundo.

Este ano, um aerogerador é colocado em operação a cada 30 minutos. Uma em cada três turbinas está sendo instalada na China, informou Sven Teske, especialista de energias do Greenpeace Internacional. A China é o maior mercado mundial de energia eólica e tem a maior indústria de aerogeradores.

O relatório foi publicado para divulgação mundial a partir do China Wind Power 2010, evento realizado em Pequim. A 3ª edição do GWEO 2010 explora três cenários até 2030: 1) tem como referência dados da Agencia Internacional de Energia, 2) moderado, que assume que as atuais metas para energias renováveis serão atingidas com sucesso, e 3) avançado, que assume que todas as alternativas de políticas favoráveis para as energias alternativas serão adotadas e cumpridas.

As informações foram fornecidas pela Associação Brasileira de Energia Eólica.

Leia Também