sexta, 20 de julho de 2018

PROVA

Enem será aplicado hoje e amanhã nos presídios

15 DEZ 2010Por NOTÍCIAS MS07h:25

Detentos de 20 unidades penais de Mato Grosso do Sul participam do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) que será aplicado hoje e amanhã (15 e 16). Ao todo, 549 internos se inscreveram para o exame em todo o Estado, sendo 533 deles de presídios estaduais e 16 internos do presídio federal.

No Estado, a prova será aplicada nos municípios de Amambai, Aquidauana, Bataguassu, Cassilândia, Campo Grande, Corumbá, Dourados, Jateí, Naviraí, Paranaíba, Ponta Porã, Rio Brilhante e Três Lagoas. Conforme o critério da Escola Estadual Polo Regina Anffe Nunes Regine - responsável pela educação nos presídios de regime fechado de Mato Grosso do Sul, as provas serão aplicadas nas unidades onde a prática do ensino é oferecida.

O primeiro dia de prova irá abordar as disciplinas de ciências da natureza e humanas com duração de quatro horas e meia para a avaliação. O início está previsto para 12h com término às 16h30. No segundo dia, os candidatos serão avaliados nas disciplinas de redação, linguagem, códigos e tecnologia com um tempo de duração maior, que começa ao meio-dia e se estende às 17h30.

Adiada a critério do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), do Ministério da Educação (MEC), a prova do Enem no sistema prisional seria realizada nos dias 06 e 07 nos presídios do Brasil. A prova do Encceja (Exame Nacional para Certificação de Competência de Jovens e Adultos) que também ocorreria no próximo dia 13, foi adiada e será realizada em março do ano que vem, com um total de 722 inscritos.

De acordo com a chefe de Divisão de Educação da Agência Estadual Penitenciária (Agepen), Elaine Arima, as provas serão realizadas nas salas de aula e serão monitoradas por fiscais da Escola Polo Professora Regina Lúcia Betine: “Nos presídios estaduais, administrados pela Agepen, os fiscais serão técnicos penitenciários e professores”, explica.

Educação no Sistema Prisional

No ano passado, o Enem recebeu 387 inscrições de detentos do Mato Grosso do Sul. Cerca de 274 deles fizeram a prova e 206 foram aprovados, atingindo o índice de 75% de aprovação. Este ano, 1.150 internos foram matriculados para freqüentarem aulas nos presídios de regime fechado, representando 15% da massa carcerária do Estado.

De acordo com o diretor-presidente da Agepen, Coronel Deusdete de Oliveira, o saldo positivo é resultado de um trabalho concreto de educação que vem sendo implantado nos presídios e que pode servir como referência para outros Estado do país “ Hoje conseguimos que a educação tenha a remição de pena do detento. O interno que freqüenta três dias de aula, tem um dia remido. Isso é resultado de um plano estadual de educação elaborado no início do ano”, explica o diretor. Segundo Deusdete, a próxima meta da Agepen é instalar a rede de ensino de educação a distância (EAD) para os reeducandos do sistema prisional do estado.

Leia Também