segunda, 16 de julho de 2018

educação

Enem mobilizará mais de 98 mil estudantes em MS

4 NOV 2010Por anahi zurutuza04h:40

 No próximo fim de semana, 98.423 estudantes de Mato Grosso do Sul fazem as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Com a nota, inscritos podem concorrer a 83 mil vagas para os cursos de graduação oferecidos por 83 instituições públicas de ensino superior do Brasil, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) — programa do Ministério da Educação (MEC) que seleciona alunos para as universidades federais e estaduais tomando por base somente o resultado do Enem.

No Estado, a Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) já utiliza o sistema desde o ano passado e a Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (Uems), para os cursos com início em 2011, selecionará os alunos utilizando somente a nota do Enem. Para o próximo ano, a UFMS oferece 4,8 mil vagas. Já a Uems, para 2011, são 2.350 vagas.

A Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) optou por adiar para o próximo ano a decisão de aderir ou não ao Sisu. Mas, este ano, vai preencher vagas remanescentes. Significa que depois do prazo de matrícula para os candidatos aprovados pelo vestibular tradicional da universidade, pessoas que fizeram o Enem 2010 vão poder pleitear as vagas que sobrarem utilizando a nota obtida no exame.

Além de concorrer às vagas na universidade públicas o Enem serve também para obter o certificado de conclusão do ensino médio. Ou seja, pessoas que não cursaram ou não concluíram esta estapa de ensino e que, atingindo a pontuação mínima exigida – 400 pontos em cada uma das quatro áreas de conhecimento e 500 pontos na redação -, receberão o certificado de conclusão.

 Brasil
No País, estão inscritas 4,6 milhões de pessoas. A prova deste ano deve seguir o modelo consolidado no ano passado, mas o MEC implantou duas novidades: a aplicação de questões de língua estrangeira – Inglês ou Espanhol, conforme optou o candidato no ato da inscrição – e a proibição do uso de lápis na resolução das questões, ou seja, este ano o cartão de respostas terá de ser preenchido com caneta esferográfica preta.

Leia Também