Domingo, 18 de Fevereiro de 2018

CAMPO GRANDE

Encontro quer abrir espaço para audiovisual do Centro-Oeste

14 JAN 2011Por Thiago Andrade00h:00

Com o objetivo de sistematizar políticas públicas para a produção audiovisual em Goiás, Distrito Federal, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, o Encontro do Centro-Oeste da Associação Brasileira de Documentaristas e Curta-Metragistas e o seminário da Film Commissions será realizado em Campo Grande, hoje e amanhã, no Museu de Arqueologia, no Memorial da Cultura Apolônio de Carvalho. Por meio da reunião de presidentes ou integrantes das ABDs, o encontro pretende abrir espaço para o desenvolvimento do audiovisual, que conta com poucos investimentos nos estados.

Produzido por meio da parceria entre a Associação de Cinema e Vídeo de Mato Grosso do Sul (ACV-MS), presidida por Cândido Alberto da Fonseca, Fundação de Cultura do Estado (FCMS), Fundação Municipal de Cultura (Fundac) e Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul (Fundtur). Debates, palestras, exibições de filmes e divulgação de ações implementadas para reforçar uma política para o setor no Centro-Oeste compõem a programação do evento, que terá um dia a menos que o planejado, pois decidiu-se levar os integrantes das Film Comissions para conhecer locações na Capital e em Bonito.

"Por não contarmos com um órgão do tipo, temos dificuldade em atrair produções – e por consequência, investimentos – de outros países. Veja o exemplo do Rio de Janeiro que tem oferecido locações para grandes produções como ‘Amanhecer’, a parte final da Saga Crepúsculo", aponta Cândido. Segundo o presidente da ACV-MS, é necessário esclarecer tanto aos produtores, quanto às figuras políticas do Estado, que a cultura é uma área de investimento tão importante quanto qualquer outra e capaz de produzir lucros. "Cinema hoje é uma cadeia produtiva, que emprega pessoas e ajuda na divulgação cultural e turística", aponta.

A abertura do Encontro do Centro-Oeste da Associação Brasileira de Documentaristas e Curta-Metragistas acontece às 8h30 e conta com palestras dos presidentes da FCMS, da Fundtur, da Fundac, além da presidente da ABD Nacional, Solange Lima, e presidente da Coalizão pela Diversidade Cultural, Geraldo Moraes. Entre outras figuras de destaque que participam do evento, o presidente da Film Comission São Paulo, Edgard de Castro, que também é um dos conselheiros da Aliança Brasileira de Film Comissions (Abrafic), e Ana Cristina Costa e Silva, que já foi presidente do órgão e lançará três publicações de sua autoria durante o evento. A programação também contará com a exibição de filmes realizados por produtores do Estado.

SERVIÇO

O Memorial da Cultura Apolônio de Carvalho, no qual está localizado o Museu de Arqueologia, fica na Avenida Fernando Corrêa da Costa, 559. Outras informações: 3316-9174.

Leia Também