Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

CARNE BOVINA

Encontro debate tecnologias para pecuária

15 ABR 11 - 00h:01DA REDAÇÃO

No próximo dia 18 o Sindicato Rural de Campo Grande promove a 24ª edição do Encontro de Tecnologias para Pecuária de Corte com abordagem de vários temas ligados à produção e tecnologia voltada para a carne bovina. Entre os temas tratados estão a governança e sucessão familiar, o mercado nacional e internacional para a carne, o Código Florestal Brasileiro, o confinamento e a sustentabilidade na produção agropecuária. O evento começa às 7:30 horas e faz parte da programação de palestras da 73ª Expogrande, que acontece de 14 a 24 de abril.
Eduardo Riedel, presidente da Famasul e do Conselho Deliberativo do Sebrae/MS, vai ministrar uma palestra sobre a sucessão familiar, fator que permeia as discussões entre os seus membros e pode afetar a perspectiva de continuidade dos estabelecimentos rurais ao longo das gerações e seus elementos que influenciam mudanças. Também vai falar sobre a governança, algo que converte para a necessidade de novos enquadramentos sociais, como uma forma de se ter melhor compreensão das transformações contemporâneas das comunidades rurais.
É impossível falar em carne bovina brasileira, sem falar em exportações e mercado interno. “O produtor rural precisa conhecer este mercado e ficar atento ao que acontece internamente e, também na venda de outros tipos de carnes. O fato é que tudo está interligado”, disse João Pedro Cuthi Dias, consultor da BM&FBovespa, convidado que vai palestrar sobre os mercados da carne bovina.
O Código Florestal Brasileiro, resultado do relatório do deputado federal pelo PC do B/SP, Aldo Rebelo, será o tema abordado pelo zootecnista Ocimar Vilela. “Durante a palestra vamos analisar o tema, não só pelos aspectos ambientais, mudanças climáticas, conservação, mas principalmente do ponto de vista da produção rural, da segurança alimentar e a importância para um país que tem na produção de commodities um dos seus fortes econômicos e porque é fundamental este debate acontecer sem paixões”, disse Vilela.
A utilização e instalação de confinamento é a abordagem da palestra que será ministrada pelo médico veterinário e consultor de negócios pecuários, Rodrigo Spengler. “O confinamento é uma atividade que está crescendo, cada vez mais o interesse é maior e o médio e o pequeno produtor podem também estar inserido neste tipo de negócio”, explicou.
A sustentabilidade será tratada de forma específica para a pecuária de corte brasileira, de forma que o produtor rural possa se visualizar e se integralizar, juntamente com sua propriedade e colaboradores, ao processo. Este é o contexto da palestra de Cláudio Maluf Haddad, engenheiro Agrônomo, doutor em Solo e Nutrição de Plantas pela Esalq. O professor Haddad vai debater os aspectos da sustentabilidade focada na produção pecuária. “Dentro deste universo há diversas práticas que não possuem custo ou necessidade de investimento e que melhoram de forma efetiva a relação do homem com o campo. É apenas uma questão de rompimento com o que se fazia, cultural”, disse Haddad.
O encontro conta também com a palestra “Aspectos e Exigências do Trabalho no Campo”, a NR 31. O tema será abordado pelo engenheiro agrônomo, instrutor do Senar-MS e especialista em Segurança no Trabalho, Alberto Ribeiro de Almeida Cunha Soares. A exigência tem deixado de EPI – Equipamentos de Proteção Individual tem preocupado a classe patronal rural.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

São Paulo mantém boa fase e vence Athletico-PR na Arena da Baixada
BRASILEIRÃO

São Paulo mantém boa fase e vence Athletico-PR

Nova decisão proíbe início de obra no Parque dos Poderes
ESTACIONAMENTO

Nova decisão proíbe início de obra no Parque dos Poderes

Senado aprova MP da Liberdade Econômica sem previsão de trabalho aos domingos
BRASIL

Senado aprova MP sem previsão de trabalho aos domingos

Jornalista do Intercept se diz espantado com debate sobre sigilo de fonte
VAZA JATO

Jornalista do Intercept se diz espantado com debate sobre sigilo de fonte

Mais Lidas