domingo, 22 de julho de 2018

TRÊS LAGOAS

Encontrado corpo do jovem de 17 anos que se jogou no rio

14 OUT 2010Por Rose Rodrigues/Três Lagoas14h:50

Localizado na manhã desta quinta-feira o corpo do jovem de 17 anos, Hercules Roberto Sirahata, que se jogou no Rio Paraná ao ser perseguido pela Polícia Militar Ambiental de São Paulo. O corpo foi encontrado próximo à ponte rodo-ferroviária Francisco de Sá, no bairro de Jupiá, próxima à usina hidrelétrica, cerca de 500 metros do local onde ele se afogou. Segundo testemunhas, Hércules se jogou no rio quando avistou o carro da Policia Militar Ambiental e estava desaparecido desde terça-feira, quando pescava numa área próxima à barragem. Conforme informações da Policia, o adolescente e mais três pessoas estava pescando nas área próxima à turbina 1, ao lado das comportas da Usina Hidrelétrica , quando foram surpreendidos pela PMA paulista.
No local a pesca é proibida por medida segurança. A versão policial é contestada pelos pescadores da região, que afirmam que os policiais atiraram na direção do jovem, que se apavorou. Segundo informações de testemunhas, próximo do local onde o menino pulou teria um barco de pescadores que tentou salvar o menino, mas foram impedidos pelos policiais, que não permitiram que tirassem o rapaz da água, ameaçando atirar nos pescadores. Pescadores também afirmam os policiais não permitiram que jogassem as bóias de salvamento para o adolescente. Na PMA de Andradina os coordenadores não quiseram se manifestar e aguardam as investigações de uma sindicância que vai averiguar a atuação dos policiais.
Segundo informações dos familiares Hercules não sabia nadar e estava apenas acompanhando parentes que pescavam no local. A tia do jovem, Silmara Pereira, de 18 anos, disse que o pai do menino, que mora no Japão, entrou em contato por telefone e pediu providências para saber o que motivou a morte do filho. Segundo ela, o menor estava acompanhado pelo marido dela e outros parentes. “Eles estavam pescando próximo à turbina, quando a Polícia Militar Ambiental do Estado de São Paulo chegou, dando voz de prisão e o jovem, muito assustado, se jogou no rio”, disse.

Leia Também