Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, sexta, 14 de dezembro de 2018

SANTA RITA DO PARDO

Enchente no Rio Pardo 'engole' as propriedades

10 MAR 2011Por CELSO SANTOS15h:30

A chuva já traz prejuízos aos proprietários rurais da região de Santa Rita do Pardo. Casas, móveis e veículos foram danificados pelo volume das águas do Rio Pardo que subiu 8 metros acima do normal. Os proprietários de ranchos de pescas no município perderam tudo que estava nas casas, principalmente os eletrodomésticos com freezer e geladeira, fogão, cama,colchões etc...
Há três dias a água toma conta das casas. Somente os botes que estavam nos ranchos não foram arrastados porque estavam amarrados no momento da enchente. 
De acordo com os moradores, várias famílias precisaram ser retiradas às pressas das áreas atingidas. O trecho mais crítico fica na região da Fazenda Douradinha, háa 26 km de Santa Rita do Pardo, que pertence ao município de Ribas do Rio Pardo. O gado também teve que ser retirado do local próximo às margens do rio.
A ponte de madeira com aproximadamente 82 metros de comprimento, que fica na divisa dos dois municípios, também esta totalmente submersa, e as famílias de Santa Rita do Pardo que trabalham na fazenda só conseguem sair de barco.
Diante do quadro crítico, a Prefeitura de Santa Rita do Pardo suspendeu as aulas por tempo indeterminado das escolas Municipais: Santa Rita de Cássia-Pólo (Salas Gildo Pezarine, Mateira, Mutum e Santa Virginia), Escola Municipal Raimundo Cândido de Araújo, EMEI (Escola Municipal de Educação Infantil) e Escola Estadual José Ferreira Lima.
No CEI (Centro de Educação Infantil) haverá aula normal.

A suspensão das aulas foi motivado pelo alto índice de chuvas nos últimos dias, que provocou a elevação do nível das águas do Rio Pardo. Com isso, estradas e linhas de tubos de energia foram danificadas, pontes caíram e aterros foram cortados.

O chefe do transporte escolar do município Francisco Renato de Souza, relata que todas as linhas estão prejudicadas pelas chuvas.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também