segunda, 16 de julho de 2018

MUNDO

Empresário nega irregularidades em prédio que desabou no PA

31 JAN 2011Por FOLHA ONLINE06h:03

O proprietário da Construtora Real Class, Carlos Lima Paes, responsável pelo prédio em construção de cerca de 30 andares que desabou em Belém (PA) nesse sábado, negou que houvesse irregularidades na obra. Ao menos uma mulher morreu no acidente.
O empresário, que é também engenheiro civil, afirma que o Real Class, de 34 andares e 60 apartamentos, tinha todas as autorizações necessárias e era alvo de avaliações constantes.

'Não existe absolutamente nada irregular.Todas as etapas foram cumpridas na mais perfeita ordem. [A obra] nunca apresentou nenhum sinal de colapso', diz.

A fundação do edifício, possível motivo do desabamento, foi feita por duas empresas terceirizadas pela construtora, segundo Paes.

Ele disse que é impossível, agora, precisar as causas da queda, até serem finalizados laudos técnicos. Moradores do área relatam ter havido um raio e um tremor antes de o Real Class cair, relatou.

Outros prédios construídos pela Real (em seus 27 anos de existência, foram 15) passarão por vistorias, disse.

De acordo com o empresário, a construtora está dando apoio médico, psicológico e abrigo para os feridos ou pessoas que tiveram de deixar suas residências próximas ao local.

Mas algumas desses pessoas, que esperavam os donos da Real na saída da entrevista, afirmaram que a ajuda não chegou a eles.

'É mentira. Eles são mentirosos', afirmou, gritando, o advogado Robert Zoghbi, dono de uma das casas que veio abaixo com a queda do prédio. Ele está alojado na casa de parentes.

Segundo Zoghbi, a obra estava 'completamente irregular'. 'Minha casa tinha várias rachaduras [causadas pela obra]. A Justiça negou um laudo emergencial que eu pedi. E eles [construtora] moveram uma ação para que eu construísse uma proteção [contra detritos que caíam do prédio]', disse.

De acordo com o governo do Estado, quase 130 pessoas que moram na vizinhança da obra estão desalojadas e hospedadas em hotéis.

Leia Também