Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

PESQUISA

Empresárias dão mais importância ao negócio do que ao casamento

Empresárias dão mais importância ao negócio do que ao casamento
02/03/2014 15:00 - FOLHAPRESS


Se tiver que escolher entre o sucesso da própria empresa ou um relacionamento conjugal, a maioria das mulheres irão optar pelo negócio delas. Ou, pelo menos, iriam titubear.

Pelo menos segundo uma pesquisa da SPB Brasil sobre o tema. A entidade perguntou a 601 mulheres donas de algum empreendimento de serviços ou comércio em todas as capitais do país o que diriam se o cônjuge as obrigassem a ficar com o negócio ou com ele.

Um quarto respondeu que abririam mão da empresa; 40% afirmaram que teriam que pensar mais e 35% se desfariam da relação amorosa.

Entre as conclusões do levantamento, estão a de que a maioria tem filhos (74%) e que 37% não tiram férias.

35% das mulheres entrevistadas se desfariam da relação amorosa se tivessem que escolher entre ela ou os negócios

Apesar de quase metade ter dito que é a única responsável por tarefas domésticas, 83% das entrevistadas alegam que conseguem flexibilizar o horário de trabalho na empresa para realizar atividades pessoais como ir ao médico, ir à escola dos filhos e fazer academia.

As principais áreas de atuação do negócio são Salão de beleza e clínica estética ou serviço particular de beleza, com 20%.

Um levantamento do Sebrae mostra que há mais de 1 milhão de mulheres no país que têm empresas de pequeno porte desses ramos.
 

Felpuda


A tal estratégia de jogar informações nas redes sociais com objetivo de prejudicar adversários está começando a gerar reações. Uma dessas figurinhas vai ter de explicar, na Justiça, o por quê de postagem trazendo suspeitas pesadas contra cabeça coroada, que não gostou nadica de nada de ver o seu nome sendo usado como “bucha de canhão” para fins eleitoreiros. Vem chumbo grosso por aí! E sai debaixo!...