Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, quarta, 12 de dezembro de 2018

PEDRO GOMES

Empresa vendia cursos não autorizados

14 ABR 2011Por edição de notícias11h:21

Empresa vendia cursos não reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC) em Pedro Gomes. O esquema foi descoberto depois que a secretária municipal de Educação, Alba Maria de Moura Mota, de 50 anos, procurou a delegada Silvia Elaine Girardi dos Santos, no início da tarde desta quarta-feira (13).

Imediatamente a delegada deu início a investigação em Pedro Gomes. Os cursos profissionalizantes oferecidos pela empresa “Nacional Cursos”, para assistente jurídico, auxiliar administrativo e financeiro, atendente de farmácia e instalações Elétricas residenciais, não são reconhecidos pelo MEC (Ministério da Educação e da Cultura).

Durante a investigação, Silvia descobriu que a empresa “Nacional Cursos” na verdade é Nacional Informática, cuja razão social é Plano Nacional de Informática, inscrita com o CNPJ 07.381.063.0001/84, em nome de Wender Reis Ferreira, mas o proprietário seria outro homem que se chama Arnoldo.

Em Pedro Gomes, a delegada localizou o responsável pelas inscrições, Diego Augusto Rocha, que se colocou à disposição da investigação. Silvia pediu que a empresa devolvesse todos os valores pagos pelos inscritos, para que nenhuma pessoa fosse lesada.

A empresa vendia os cursos como se os mesmos fossem realizados em parceria com a Uniderp Interativa. No entanto, a Uniderp informou à Silvia que não autorizou a realização dos cursos em seu prédio. A coordenadora da Uniderp, em Pedro Gomes, Karina Gonçalves Camargo, informou que fez um contrato verbal com a empresa para a realização do curso no espaço, sem autorização da instituição.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também