Campo Grande - MS, sábado, 18 de agosto de 2018

TRÊS LAGOAS

Empresa de e-commerce quer instalar centro

25 MAR 2011Por da redação21h:50

Atrativa para indústrias que vêm em busca das vantagens para se instalar em Mato Grosso do Sul, a cidade de Três Lagoas desperta interesse também em outros ramos de investimento. Nesta quinta-feira (24), a prefeita Márcia Moura e a vice-governadora Simone Tebet acompanharam, em audiência com o governador André Puccinelli, um empresário que estuda implantar no município um centro de distribuição do segmento de ar condicionado.

A empresa atua no sistema de e-commerce e considera a localização da cidade sul-mato-grossense atrativa como ponto de distribuição para o crescente mercado de compra e venda on-line. Segundo o empresário paulista João Riquena Neto, proprietário do negócio, as negociações estão bem adiantadas e a expectativa é de concretizar a instalação o mais breve possível.

“Faltam alguns detalhes, mas acreditamos que rapidamente será conciliado”, disse Riquena, revelando que o período atual favorece a definição. “Como o produto é ar condicionado, temos que aproveitar agora essa baixa, no outono, e montar essa estrutura, para em julho ela estar pronta, e em agosto, já na saída do inverno, estarmos explorando o negócio. Isso inclusive é um compromisso que temos com o governo de Mato Grosso do Sul”, explicou o empresário.

A prefeita Márcia Moura destaca que a chegada de mais um importante ramo de negócio beneficia o município e o Estado, e aponta que o segmento de compra e venda por lojas virtuais é crescente, por isso não se pode fechar o olhos a esse potencial. “É o maior empreendedor do e-commerce do Brasil na venda de ar condicionado, e é fato comprovado que hoje o País não consegue fugir desse caminho, onde todos compram, de suas casas, pela Internet. Não dá para retroceder”, avaliou.

De acordo com a prefeita, durante o encontro foram discutidas as exigências que precisam ser cumpridas pela empresa a fim de garantir os benefícios públicos para a instalação do centro distribuidor em Três Lagoas. Conforme o empresário, a unidade distribuidora deve gerar em torno de 140 empregos.

Também participaram da reunião a secretária de Desenvolvimento Agrário, Produção, Indústria, Comércio e Turismo, Tereza Cristina Corrêa da Costa Dias; integrantes da administração municipal de Três Lagoas e da Secretaria de Fazenda do Estado.


 

Leia Também