terça, 14 de agosto de 2018

MATO GROSSO DO SUL

Emprego na indústria registra alta de 80%

19 MAI 2011Por da redação08h:53

Nos últimos seis anos, o setor industrial de Mato Grosso do Sul, composto pelas indústrias de transformação, de extrativismo mineral, de construção civil e de serviços de utilidade pública, registrou crescimento de quase 80% - 78,1% - no número de estoque de empregos formais, saltando de 68.269 trabalhadores no ano base de 2005 para 121.612 até abril deste ano, conforme levantamento do Radar Industrial da Fiems com base nos dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) do Ministério do Trabalho e Emprego.

Mantido o mesmo ritmo de crescimento observado nos últimos dois anos, quando a quantidade de vagas abertas nas indústrias saltou de 103.302 (2009) para 113.727 (2010), o setor industrial deverá ultrapassar o setor da administração pública em 2014, saltando do atual 3º para o 2º lugar entre os setores que mais empregam em Mato Grosso do Sul, com um contingente total próximo a 152 mil trabalhadores ou 22% do total. Enquanto a administração pública deverá contar com algo em torno de 144 mil trabalhadores ou 21%, sendo que em 1º permanecerá o setor de serviços, com algo em torno de 195 mil trabalhadores ou 28% do total de empregos formais existentes em Mato Grosso do Sul.

Hoje, o saldo total acumulado até abril no Estado é de 576.889 postos formais de trabalho, indicando uma elevação equivalente a 3,83% sobre o estoque total verificado ao fim de 2010. Na mesma comparação, o estoque por setor econômico passou a ser de 147.591 postos formais de trabalho nos serviços, 133.992 empregos na administração pública, 121.612 na indústria, 108.326 no comércio e 65.368 na agropecuária. “Os números demonstram o vigor do crescimento industrial em Mato Grosso do Sul, que apenas nos quatro primeiros meses deste ano já abriu 7.885 postos de trabalho, o que representa a 49% do total de 16.100 novos empregos criados no Estado no ano”, avaliou o presidente da Fiems, Sérgio Longen.

Com o saldo de 1.572 empregos formais criados apenas no mês de abril, totalizando 121.612 postos até o momento, o setor industrial manteve a parcela de 21% dos 576.889 empregos formais existente no Estado, ficando atrás somente dos setores de serviços, com 26%, e da administração pública, com 23%. Até o momento, segundo o Radar da Fiems, com o desempenho ocorrido ao longo de 2011, o setor em Mato Grosso do Sul tem registrado sucessivos recordes no estoque total de empregos formais - 121.612 em abril, 119.073 em março, 117.749 em fevereiro e 115.902 em janeiro.

Leia Também