Terça, 20 de Fevereiro de 2018

INSUFICIENTE

Empenho de Lula não foi suficiente para derrotar a oposição

4 OUT 2010Por ROBERTO COSTA04h:39

O cientista político David Fleischer disse que a derrota de tradicionais lideranças no Senado se deve, em parte, pelo esforço do presidente Luiz Inácio Lula da Silva na campanha. É o caso de Arthur Virgílio (PSDB-AM), Tasso Jereissati (DEM-CE) e Marco Maciel (DEM-PE).

Ele explicou que o esforço do presidente foi para permitir que um eventual governo Dilma tenha uma bancada maior e mais coesa do que Lula teve.

O cientista político afirma que Dilma, se eleita, poderá contar com apoio de cerca de 60% do Senado, uma maioria mais confortável do que Lula, que teve em torno de 50%.

Para Fleischer, o senador eleito Aécio Neves (PSDB-MG) será o grande líder da oposição, mas deverá ter uma atuação mais pragmática, na tradição do avô, Tancredo Neves. Ele acredita que a oposição deverá de ter uma atuação mais “cerebral” e menos radical, em relação aos últimos anos.

Com informações da Agência Câmara

Leia Também