domingo, 22 de julho de 2018

DESPEDIDA

Emocionado, Washington anuncia sua aposentadoria

14 JAN 2011Por Rio de Janeiro00h:00

Sob lágrimas, o atacante Washington anunciou ontem a sua aposentadoria do futebol. Ele admitiu que não foi fácil tomar a decisão de parar, definida após conversas com membros da comissão técnica e da diretoria do clube carioca. Na entrevista coletiva, o atleta estava acompanhado por dirigentes do Fluminense, patrocinador e também pelas filhas.

Sem contrato com o Flu desde o dia 31 de dezembro, Washington, 35 anos, deixou a concentração do clube recentemente e desde então gerou uma série de especulações, como a de que voltou a sofrer com problemas cardiovasculares.

Washington, que jogou futebol por 17 anos, negou os boatos e disse que quer ter mais tempo para passar com a família. O atacante tinha vontade de jogar a Libertadores de 2011 pelo Fluminense, mas, em conversa com parentes, amigos e médicos, decidiu parar.

"Quero comunicar a todos que estou deixando o futebol, o que é difícil dizer. Um dia a profissão acaba e é importante ter hombridade e humildade para saber que nada vai apagar o que dei ao futebol e o que o futebol deu para mim", afirmou.

Washington iniciou a sua carreira no Caxias (RS). Depois, passou por Internacional, Ponte Preta, onde foi artilheiro do Paulistão em 2001 e Fenerbhaçe, da Turquia, até chegar ao Atlético Paranaense. Em Curitiba, ele chegou a ter sua carreira profissional em risco em 2003, quando foi reprovado em exames cardiovasculares.

Ele, porém, se recuperou, se consagrou no clube ao ser o artilheiro do Campeonato Brasileiro de 2004. Depois, defendeu Tokyo Verdy e Urawa Red Diamonds, no Japão. Voltou ao País para defender o Fluminense em 2008, onde foi um dos artilheiros do Brasileirão de 2008, e se transferiu no ano seguinte para o São Paulo. Em 2010, voltou ao time das Laranjeiras, onde faturou o título do Brasileirão.

Leia Também