Emissoras de TV são condenadas por propaganda excessiva

Emissoras de TV são condenadas por propaganda excessiva
04/03/2014 12:00 - terra


A 7ª Vara Civil da Justiça Federal condenou três emissoras de televisão por propaganda excessiva, segundo informa o jornal Folha de S.Paulo nesta terça-feira. Shop Tour, Canal Brasileiro de Informação (CBI) e TV Cachoeira do Sul são citadas no processo e devem reduzir a veiculação de anúncios em até 25% da programação.

Conforme a legislação brasileira, as concessionárias de TV devem exibir programas culturais, de informação e entretenimento, com uma máximo de 25% de comerciais.

No entanto, a decisão será praticamente sem efeito, já que o processo iniciado em 2007 demorou a se encerrar. De acordo com o jornal, o Shop Tour já não opera mais com televisões e outras duas emissoras que também eram rés foram excluídas do processo após mudarem o conteúdo.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".