Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

Emissão de cheques sem fundo tem alta no primeiro semestre

Emissão de cheques sem fundo tem alta no primeiro semestre
12/07/2012 13:00 - ig


O Indicador de Cheques Sem Fundos, divulgado nesta quinta-feira pela Serasa Experian, atingiu 2,07% no primeiro semestre, registrando o maior volume de devoluções para o acumulado de janeiro a junho desde 2009, quando retornaram 2,30% dos documentos emitidos em todo o País. Conforme o indicador, em junho foram devolvidos 2,02% do total de cheques, nível abaixo dos 2,20% de maio mas acima do 1,93% registrado em junho de 2011.

Os economistas da Serasa Experian, em nota distribuída à imprensa, avaliam que o aumento do volume desse tipo de inadimplência no primeiro semestre confirma que o consumidor se endividou, ampliou o comprometimento de renda e acabou perdendo o controle das contas também nas compras parceladas com cheques pré-datados.

No primeiro semestre de 2012, foram compensados 458.170.923 cheques e, desses, 9.488.913 voltaram. Em igual período de 2011, a emissão havia sido de 508.827.839 e a devolução, de 9.844.863. Ou seja: houve uma queda de 10% no total de emissões de um semestre para outro e uma redução menor, de apenas 3,6%, no número de cheques sem fundos. "Prova de que os cheques estão perdendo qualidade", resumem os economistas da Serasa Experian.

Felpuda


Malfeitos que teriam sido praticados em tempos não tão remotos podem ser a pedra no caminho de pré-candidatura que está sendo costurada. As conversas ainda estão nas “ondas da rádio-peão”, mas, com a proximidade da campanha eleitoral, há quem diga que isso se tornará uma tremenda dor de cabeça para quem vai enfrentar as urnas. Pior:  o dito não seria culpado direto, mas sim a sua...  Bem, deixa rolar para ver onde vai parar.