HABITAÇÃO

Emha regulariza <br>5,6 mil casas que foram vendidas

Emha regulariza <br>5,6 mil casas que foram vendidas
01/07/2012 00:00 - Maria Matheus


Aproximadamente 70% das pessoas beneficiadas por casas populares da Agência Municipal de Habitação de Campo Grande (Emha) repassaram seus imóveis a terceiros. A estimativa, feita em 2010, é da própria Emha. Na tentativa de acabar com a transferência irregular de imóveis, foi criada a Lei Morar Bem Azul (Lei nº 169, de dezembro de 2010), que beneficiou 5.611 famílias.

A lei permitiu a quitação dos imóveis com desconto de até 35%, renegociação de dívidas e a regularização contratatual de imóveis entregues antes de 6 de dezembro de 2010 e que foram vendidos ou invadidos. No total, mais de 10 mil pessoas procuraram a Emha em busca do benefício.

Até o momento, apenas 98 processos foram indeferidos e cerca de 4 mil ainda estão em andamento. Conforme o diretor da Emha, Paulo Matos, a regularização ainda pode ser feita, embora o prazo inicialmente estabelecido pela lei tenha encerrado em dezembro de 2011.  

Leia mais no Correio do Estado

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".