Campo Grande - MS, segunda, 20 de agosto de 2018

Melhoria

Embrapa aprova nova fórmula para alimentação de animais

31 MAR 2011Por Portal Brasil18h:30

A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), validou o Biofórmula Leite, um aditivo probiótico para alimentação animal desenvolvido por uma empresa de Goiás.


O Biofórmula Leite apresenta em sua composição uma associação de enzimas digestivas que proporcionam um maior equilíbrio fisiológico aos animais, o que garante o aumento da produção e a qualidade do leite. O produto reduz a Contagem de Células Somáticas (CCS), diminui a incidência de mastite, aumenta a absorção de nutrientes, estimula o desenvolvimento dos bezerros, previne infecções intestinais e aumenta a fertilidade do rebanho.
 

O novo produto foi validado por meio de três experimentos conduzidos pela Embrapa em Goiás. Em todos eles, a suplementação melhorou a qualidade do leite, com uma redução média de 53% na contagem de células somáticas, o que resulta em um aumento do preço pago ao produtor.
 

O aditivo é 100% natural e não deixa resíduos, nem traz riscos para a saúde humana. Conta, ainda, com três enzimas para auxiliar o processo digestivo de fibras e melhorar a saúde e o desempenho do rebanho.


A CCS do leite indica, de maneira quantitativa, o grau de infecção da glândula mamária do animal. Em 2005, entrou em vigor no Brasil a Instrução Normativa 51/2002, do Mapa, que estabelece os padrões físico-químicos, microbiológicos, de resíduos químicos e de CCS para o leite. De acordo com a IN51, até 1º de julho deste ano o leite cru resfriado poderá apresentar um índice máximo de 750.000 CS/ml. Depois desta data, o índice máximo passa a ser de 400.000 CS/ml.

Leia Também