Sábado, 16 de Dezembro de 2017

IGNORADA

Embora obrigatório, autoescolas não usam simulador

3 JAN 2014Por DA REDAÇÃO00h:00

A obrigatoriedade do uso de simuladores de direção pelas autoescolas, prevista pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran) para entrar em vigor desde ontem, não saiu do papel, segundo reportagem na edição de hoje (03) do jornal Correio do Estado. Ao custo médio de R$ 40 mil, esses aparelhos ainda não foram adquiridos pela maior parte dos centros de formação de condutores do Brasil. Em Mato Grosso do Sul nenhuma autoescola possui o equipamento.

De acordo com a reportagem de Lucia Morel, tanto o Departamento Estadual de Trânsito de MS (Detran), quanto o Sindicato das Autoescolas de MS (SindCFC) afirmam que aguardam nova determinação do Contran para saber como será revista essa obrigatoriedade, uma vez que quase nenhuma autoescola cumpriu a medida de instalar o simulador. “Há apenas quatro fabricantes no País e eles não estão preparados para atender toda a demanda”, afirmou o presidente do sindicato, Wagner Prado.

Leia Também