Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

EUA

Embaixada usa Twitter para divulgar Obama

15 MAR 11 - 09h:44AGÊNCIA BRASIL

 A menos de uma semana da chegada do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, ao Brasil, a embaixada norte-americana em Brasília postou informações, pela rede social Twitter, sobre a história e a trajetória política do chefe de Estado. Na principal mensagem, a embaixada lembra que ele é 44º presidente norte-americano e que se destacou na campanha pela transparência das contas públicas e proibição do uso de armas de fogo. A visita de Obama ao país está marcada para os dias 19 e 20 de março.

Segundo a mensagem no Twitter, Obama e a primeira-dama, Michelle, são “pais orgulhosos” de Malia, de 10 anos, e Sasha, de 7. Toda a família virá ao Brasil. Enquanto o presidente cumprirá agenda de trabalho, Michele e as crianças terão atividades específicas tanto em Brasília como no Rio.

No Rio, as atividades de Obama terão foco mais social e público. Tanto é que, no domingo (2), o presidente fará um discurso, aberto à sociedade, na Cinelândia. Telões com legendas em português serão colocados em lugares estratégicos para que aqueles que não entendem inglês possam compreender e acompanhar o discurso.

A expectativa, de acordo com os organizadores da visita de Obama, é que o discurso reúna um público considerável a exemplo do que ocorreu em 2008, em Berlim, na Alemanha, e em 2009, no Cairo, no Egito. Nas duas ocasiões, Obama mencionou a paz como mote para os esforços em busca de acordos e diálogos, assim como a tolerância.

A família Obama terá agenda livre pela manhã e à noite no Rio. Assessores da Casa Branca visitaram o Cristo Redentor, o Corcovado, o Pão de Açúcar, uma praia da capital fluminense e mais quatro comunidades pacificadas. A previsão é que Obama, a mulher e as filhas conheçam os pontos turísticos do Rio e a comunidade da Cidade de Deus – que virou tema de filme em 2002 sobre o avanço do crime organizado no Rio de Janeiro.

Em Brasília, a agenda do presidente norte-americano será concentrada em reuniões com a presidenta Dilma Rousseff e ministros, pela manhã, no Palácio do Planalto. Pelo menos 15 acordos serão assinados, entre eles, o Tratado de Cooperação Econômica (Teca) que define um mecanismo bilateral, em nível ministerial, para que as barreiras ao comércio e aos investimentos nos Estados Unidos e no Brasil sejam discutidas e resolvidas.

Obama também se reunirá com empresários, em um fórum específico em Brasília, quando deverá mencionar as questões comerciais e econômicas envolvendo Estados Unidos e Brasil. Empresários brasileiros, principalmente do setor agrícola, queixam-se dos entraves aos produtos nacionais em território norte-americano.

À noite, em Brasília, a presidente Dilma oferecerá um jantar privado para a família Obama. Segundo assessores, poucos foram os convidados para o evento que será no Palácio da Alvorada. Antes, porém, no almoço, no Palácio Itamaraty, Obama e Michelle serão recepcionados por ministros, parlamentares, sindicalistas e representantes da sociedade civil do Brasil.

 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

ECONOMIA

Mercosul concluiu acordo comercial com países do Efta, diz Bolsonaro

ECONOMIA

Caixa avalia mudança para taxa prefixada no financiamento imobiliário

BRASIL

Lula se cala na Pentiti, 64ª fase da Lava Jato

BRASIL

Maia: País vive 'quase um estado autoritário', inclusive na área do meio ambiente

Mais Lidas