Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Embaixada tenta evitar expulsão de haitianos

19 MAR 10 - 04h:04
A Embai xada do Haiti vai pedir ao Itamaraty asilo humanitário aos haitianos flagrados em território sulmato- grossense ilegalmente na tarde de quarta-feira (17) e madrugada de ontem. A Organização Não Governamental (ONG) Sem Fronteiras, fez a mesma solicitação ao governo do País, ontem. O embaixador Idalbert Pierre-Jean informou que embora o grupo não esteja saindo da nação de origem por mot ivo de guerra ou perseguição política, o Brasil pode conceder asilo aos haitianos. “O que estaremos pedindo é ajuda humanitária, pelo fato de o povo do Haiti estar sem condições de sobrevivência”, explicou o representante haitiano. Pierre-Jean afirma que ainda não foi comunicado oficialmente pela Polícia Federal (PF) sobre a situação dos haitianos presos, mas acredita que eles possam ser vítimas do tráfico humano, recrutados supostamente para executar trabalho escravo. “Se tivessem vindo sozinhos não teriam escolhido o Brasil, porque é longe. O que me causou estranhamento é eles terem dado U$ 220 aos taxistas que os transportaram. Se fossem apenas refugiados não teriam esse dinheiro”. O embaixador disse ainda que vai esperar que a Polícia Federal comunique a embaixada oficialmente e passe informações mais detalhadas sobre o caso. A partir daí, completa, terá informações necessárias para tomar providências e tentar legalizar a situação dos haitianos no Brasil. “Vamos saber os reais motivos para eles terem vindo para o Brasil e vamos pedir para que não sejam deportados. O Haiti não tem condições, neste momento, de recebê-los de volta”. Pierre-Jean disse não ter notícias de outros casos semelhantes registrados no País neste ano.
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Polícia investiga denúncia de criança estuprada por adolescente em associação de câncer infantil
CAMPO GRANDE

Mãe denuncia que filho foi estuprado por adolescente em instituição contra o câncer

Requalificação da 14 de Julho<br> já tem 85% das obras concluídas
REVIVA CAMPO GRANDE

Requalificação da 14 já tem 85% das obras concluídas

Adélio diz que esfaqueou Bolsonaro "após ouvir voz de Deus"
PRESO EM CAMPO GRANDE

Adélio diz que esfaqueou Bolsonaro "após ouvir Deus"

O primeiro robô brasileiro <br>com Inteligência Artificial, o Tinbot,<br> vêm à Campo Grande
TECNOLOGIA

O primeiro robô brasileiro com Inteligência Artificial, o Tinbot, vêm à Campo Grande

Mais Lidas