Domingo, 25 de Fevereiro de 2018

PRATO FEITO

Em um ano, preço do feijão subiu 16,7%

26 NOV 2010Por ADRIANA MOLINA COM INFOMONEY09h:16

O prato mais tradicional entre os brasileiros ficou 16,7% mais caro neste ano. O clássico arroz com feijão, filé, batata frita e ovo frito com salada registrou aumento maior que inflação calculada pelo IPCA-15 deste mês. A alta equivale a três vezes a variação da inflação do mesmo período, que ficou em 5,47%.

De acordo com o economista da Tendências Consultoria, Jean Barbosa, que fez o cálculo, o feijão e a carne foram os itens que mais influenciaram a alta de preço do “prato feito”. “O excesso de chuvas, principalmente na Bahia, diminuiu a oferta de feijão. Por outro lado, o clima seco nas regiões de pecuária fizeram a oferta de carne recuar”, afirma.

Com isso, o economista calcula que, nos últimos 12 meses, terminados na primeira quinzena deste mês, o preço do feijão acumulou uma alta de 101%, ao passo que as carnes aumentaram 20,26%.

 

Tendência

Em 2011, quem costuma comer fora de casa deve preparar o bolso, pois os preços do “prato feito” continuarão altos. Para o final deste ano, o economista acredita que os alimentos continuarão pressionados. “O feijão, por exemplo, pode mostrar uma queda no final do ano, mas o preço ainda vai ficar caro na comparação com dezembro do ano passado”, diz.

Leia Também