Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

LEI

Em três municípios de MS, voto nulo poderá provocar nova eleição

16 JUL 12 - 00h:00DANÚBIA BUREMA

O voto nulo de mais da metade do eleitorado pode provocar novas eleições em três municípios de Mato Grosso do Sul com candidatura única. Esta é a advertência do especialista em Direito Eleitoral, Luis Cláudio Pereira Bito, ao falar sobre a situação de Inocência, Taquarussu e Dois Irmãos do Buriti.

De acordo com ele, o artigo 224 do Código Eleitoral prevê que, se em uma eleição os votos nulos ultrapassarem metade do total, o pleito será julgado prejudicado e terá de ser feita nova votação. Nesse caso, é aberto inclusive prazo para o registro de novas candidaturas.

“Mesmo nos locais em que há um único candidato, caso o número de votos nulos seja superior a 50% de todos os votos, deverão ser realizadas novas eleições”, destacou o advogado. O motivo, segundo ele, é que o resultado da eleição deve corresponder à soberania popular. Desta forma, mesmo no caso de candidatura única é necessário ao novo prefeito ter tido a aprovação da maioria dos eleitores participantes do pleito.

Leia mais no jornal Correio do Estado
 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Obras da Ernesto Geisel recebem aditivos de R$ 4 milhões
RIO ANHANDUÍ

Obras da Ernesto Geisel recebem aditivos de R$ 4 mi

Prefeitura lança edital para interessados em programa de parceria no esporte
CAMPO GRANDE

Prefeitura lança edital para interessados em programa de parceria no esporte

Irmão de delegado é encontrado degolado em fazenda
BRUTAL

Irmão de delegado é encontrado degolado em fazenda

Jovens são detidos em flagrante durante furto de agência
'COOPERATIVISMO'

Jovens são detidos em flagrante ao furtarem agência

Mais Lidas