Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

JUSTIFICATIVA

Em MS, mais de 23 mil pessoas que não votaram podem perder o título

4 MAR 11 - 00h:02DA REDAÇÃO

Os 23.620 eleitores do estado que não votaram nem justificaram a ausência nas três últimas eleições devem regularizar sua situação com a Justiça Eleitoral até o dia 14 de abril. Caso o eleitor não busque a regularização no prazo determinado, o título poderá ser cancelado.

Se um eleitor deixar de votar no primeiro e no segundo turno de uma mesma eleição, serão contadas como duas eleições para efeito de cancelamento. O eleitor deve comparecer a qualquer cartório eleitoral do país, até o dia 14 de abril, com um documento oficial que comprove sua identidade, o título eleitoral e os comprovantes de eventuais votações, de justificativas, de pagamento ou de dispensa e recolhimento de multa.

Aquele que tiver o título cancelado fica impedido de obter passaporte ou carteira de identidade, além de dificultar a investidura ou nomeação em concurso público e na obtenção da certidão de quitação eleitoral ou qualquer documento perante repartições diplomáticas a que estiver subordinado.

Na página do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) o eleitor pode fazer uma consulta para verificar se o seu documento está sujeito ao cancelamento, é só acessar www.tse.jus.br, na opção “Serviços ao eleitor”.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

OPINIÃO

Calos Lopes dos Santos: "Primeiro a educação, depois as leis"

Advogado

Felpuda

BRASIL

Após novo caso, Brasil perderá status de país livre do sarampo

BRASIL

Delegado da Baixada Fluminense atuará na 2ª fase do caso Marielle

Mais Lidas