Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

PARALISAÇÃO

Em MS, 100 mil caminhoneiros podem cruzar os braços hoje

Em MS, 100 mil caminhoneiros podem cruzar os braços hoje
25/07/2012 07:58 - VINÍCIUS SQUINELO


Movimento nacional, a paralisação dos caminhoneiros pode ter a adesão de 100 mil profissionais em Mato Grosso do Sul, segundo estimativas de empresários do setor. A classe reclama principalmente do limite de tempo de viagem e do aumento de 6% do óleo diesel, e almeja negociações imediatas com o Governo federal.

A paralisação nacional foi marcada para hoje, 25 de julho, dia de São Cristóvão, padroeiro dos motoristas, e pode, literalmente, parar o País.

Representante da União Brasil Caminhoneiro em MS, o empresárioRoberto Sinai acredita em uma ampla adesão por parte dos profissionais do Estado. “São mais de 150 mil caminhoneiros por aqui, entre os daqui e os flutuantes. Trabalhamos para a adesão de 100% deles à paralisação, por tempo indeterminado, até o governo federal abrir negociações”, afirmou.

O Sindicato dos Trabalhadores de Transportadores de Cargas e Similares de MS afirmou que não se pronuncia sobre a temática. É difícil mapear os trabalhadores do segmento, que se dividem em inúmeras associações e sindicatos de classe.

Leia mais no Jornal Correio do Estado

Felpuda


Malfeitos que teriam sido praticados em tempos não tão remotos podem ser a pedra no caminho de pré-candidatura que está sendo costurada. As conversas ainda estão nas “ondas da rádio-peão”, mas, com a proximidade da campanha eleitoral, há quem diga que isso se tornará uma tremenda dor de cabeça para quem vai enfrentar as urnas. Pior:  o dito não seria culpado direto, mas sim a sua...  Bem, deixa rolar para ver onde vai parar.