segunda, 16 de julho de 2018

ELEIÇÕES

Em Mato Grosso do Sul mais de 1,7 milhão de eleitores devem votar hoje

31 OUT 2010Por Rosana Siqueira07h:30

O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul usará hoje 5.149 urnas espalhadas no Estado para atender 1.702.511 eleitores. Em Campo Grande serão 1.507 urnas para atender os 541.716 eleitores. O número de seções corresponde à quantidade de urnas em operação.

Somando as 5.149 em uso com mais 1.078 urnas reservas, no total o TRE-MS dispõe de 6.227 urnas. 442 urnas serão adaptadas para deficientes visuais com recurso de fone de ouvido e áudio.

O total de mesários envolvidos no processo é de 20.596 em todo o Estado.

Na capital, um dos maiores locais de votação é a escola estadual Teotônio Vilela, que fica na Av. Souza Lima, nº 506, Bairro Universitária 2, e que abriga 15 seções com um total de 5.867 eleitores. Este local de votação pertence à 53ª ZE da capital.

LOCAIS DE DIFÍCIL ACESSO

Em Mato Grosso do Sul, existem 479 seções em locais de difícil acesso. Desse total, o TRE utilizará o sistema via satélite BGAN para transmitir os votos de 169 seções, que abrigam 41.886 eleitores. As outras 310 seções em locais de difícil acesso que possuem 84.959 eleitores não utilizarão o BGAN.

CARTÓRIOS ELEITORAIS

No total, são 54 Zonas Eleitorais no Estado, sendo 6 na Capital (8ª ZE, 35ª ZE, 36ª ZE, 44ªZE, 53ª ZE e 54ª ZE) e 48 no interior. Os telefones e endereços dos locais de votação e seções de todas as Zonas Eleitorais estão na página do TRE-MS www.tre-ms.gov.br .

DIA DA ELEIÇÃO E ORDEM DE VOTAÇÃO

Hoje, o eleitor deve levar consigo o título de eleitor e um documento com foto. Caso não esteja com o título em mãos, mas saiba o local onde vota, o eleitor pode apresentar um documento oficial com foto.

Neste ano, as fotos dos vices aparecerão na urna. O horário de votação é das 8h às 17h. São obrigados a votar todos os eleitores de 18 a 70 anos. Eleitores de 16 e 17 anos, acima de 70 anos e os analfabetos têm voto facultativo.

JUSTIFICATIVA

Quem não estiver na sua cidade, poderá justificar a sua ausência na eleição, indo a uma seção eleitoral ou um posto de justificativa da Justiça Eleitoral. Ela é gratuita e eleitor só precisa preencher um formulário com os seus dados eleitorais corretos, inclusive com o nº do seu título de eleitor.

Quem quiser se adiantar pode entrar no site www.tre-ms.jus.br e acessar o formulário on-line. Após o preenchimento, entrega deve ser feita, impreterivelmente, em um local de votação, pois não há recebimento via Internet.

VOTO EM TRÂNSITO

O local de voto em trânsito funcionará na Missão Salesiana, na Rua Barão do Rio Branco, 1.811, Centro (antigo museu Dom Bosco). No 1º turno, foram 1.847 eleitores e, agora, 1.770 no 2º turno, distribuídos nas seções eleitorais números 288/291, 289 e 290. Os eleitores poderão realizar a consulta do local de votação em trânsito no sitio do TSE. O link para consulta pelo nome do eleitor ou pelo nº do título está disponível em: www.tse.gov.br/certidaoquitacao/consultaLocalVotacao

SEGURANÇA PÚBLICA

O TRE-MS estima que cerca de 20 mil homens dos efetivos das polícias civil, militar, federal, rodoviária federal, dos Bombeiros e do Exército atuarão, em todo o Estado, na segurança no dia das eleições. O Exército não atuará somente em Dourados.

GASTOS ELEIÇÕES 2010

Nestas eleições, o TRE-MS prevê um gasto de R$ 4.724.842,00, podendo haver algum aditivo, se necessário, caso exista o 2º Turno. Nesse valor estão embutidos custos com alimentação, combustível, compra de material de consumo e de equipamentos permanentes, além dos gastos com água, energia e outros consumos que, no período eleitoral, tem um pequeno crescimento. O custo médio por eleitor no Estado, em relação ao orçamento destas eleições, é de R$ 2,78. (com informações do TRE-MS)

Leia Também