quarta, 18 de julho de 2018

Em 'homenagem' a SP, Rita Lee diz que rio Tietê cheira a m...

25 JAN 2011Por Veja20h:31

Uma homenagem politicamente incorreta da roqueira Rita Lee a São Paulo, cidade que completa 457 anos nesta terça-feira, está causando revolta no Twitter: a cantora exaltou o cheiro de esgoto da metrópole em seu microblog. "Sou viciada no cheiro de m... do rio Tietê, na arquitetura dos 50, no luxo e lixo, na pauliceia sisuda e no Corinhtians. Happy bday Sampa!", escreveu a cantora, que depois seria alvejada por tuiteiros indignados.

"Parei de seguir a chata da Rita Lee, puts, como eu adoraria que explodisse o pc dela, pra ela não mais twitar", postou um. "Eu, como paulistana, não compartilho de sua opinião", escreveu outra. Os fãs da cantora, por outro lado, a defenderam, o que não evitou que ela se sentisse "maldita" na rede de microblogs.

Ao humorista Bruno Mazzeo, que lhe mandou um "salve" pelo aniversário de São Paulo, chamando-a de "Santa Rita de Sampa", ela respondeu que está mais para "maldição" do que para "tradução" da cidade. "Querido Bruninho, não sou mais a completa traduçāo de Sampa, hoje me sinto a mais completa maldição! Cá pra nós: os paulistas me odeiam", escreveu. Mais tarde, a cantora disse que vai criar um blog onde pode selecionar comentários e investir menos no Twitter.

Em agosto de 2010, a cantora também gerou polêmica ao criticar a escolha de Itaquera, na zona leste de São Paulo, como sede do estádio do Corinthians. Ela usou um palavrão para se referir ao bairro e recebeu diversas mensagens críticas em resposta.

Leia Também